Micropigmentação com critério – Entenda os 5 fatores para realizar uma micropigmentação de qualidade

Está buscando uma nova forma de retocar suas sobrancelhas? Você precisa conhecer a micropigmentação então!

 

Que mulher não quer ter suas sobrancelhas mais bonitas, certo?

 

Com certeza as sobrancelhas são partes essenciais para a estética das mulheres e a micropigmentação apareceu para ajudá-las nesse processo.

 

Mas antes de explicar os 4 fatores para uma micropigmentação de qualidade, vamos dar um passo atrás e entender o que é pigmentar ou micropigmentar.

O que é a micropigmentação e como ela funciona?

 

Realizada com a ajuda de agulhas ligadas em um aparelho elétrico de coloração dermatológica, chamado de dermógrafo, ou feita com lâminas naturais, a micropigmentação é uma técnica (não tão) nova de melhorar e acertar sobrancelhas.

 

É feita uma aplicação de pigmentos na pele da cliente (na verdade, abaixo da pele, quase como uma tatuagem), que podem ter tons diferentes.

 

Isso facilita na hora de tornar o trabalho natural. Por exemplo: se a cliente for loira, é fácil micropigmentar de com cores loiras. Isso torna o trabalho suave, e sem parecer falso.

 

 

E o tempo de duração, qual é?

 

Isso depende muito da forma como a manutenção de micropigmentação é realizada. A média pode ser considerada em 10 meses, ou 1 ano.

 

Alguns fatores, como a oleosidade da pele, podem fazer esse tempo de duração diminuir, o que não torna impossível simplesmente retocar depois.

 

E se eu quiser tirar a pigmentação fora, o que faço?

 

Por mais incomum que pareça, muitas clientes adeptas desse serviço buscam tirar suas micropigmentações. Isso ocorre por alguns fatores, como:

 

  • A cliente pode não ter se acostumado com o novo tipo de sobrancelha.
  • O trabalho não ficou da forma como ela esperava.
  • A qualidade da micropigmentação foi pouca, e a pele ficou irritada.

 

Independente do motivo, é possível despigmentar, ou seja, tirar toda a coloração posta nas sobrancelhas.

 

Para cair na furada de receber um serviço inferior,  você precisa ficar de olhos nos…

 

4  fatores para realizar uma micropigmentação de qualidade.

 

1 – Escolha a técnica mais adequada a você – De nada adianta escolher fazer uma micropigmentação elétrica e não suportar a dor. Se você se mexer, ou se a responsável pelo serviço errar, é definitivo.

 

Escolha uma técnica suportável e que você consiga lidar! Converse com diversas profissionais, antes de escolher a técnica.

 

2 – Micropigmentação não é definitiva – Se alguém te oferecer uma micropigmentação como algo definitivo, que nunca sairá, desconfie. É provável que a pessoa que vender e fizer isso com você, usará um produto que nunca sairá, e isso pode causar grande dores de cabeça.

 

3 – Escolha as cores certas – Se você for morena, opte por cores escuras. Se for loira, clores claras. Não tente misturar as cores. Você provavelmente vai gastar por uma cor que não vai combinar com o seu cabelo.

 

4 – Faça o pós-pigmentação – Micropigmentação não é algo simples e demanda um cuidado após o procedimento. Busque quais cuidados são esses e foque em fazê-los da melhor forma possível. Um pequeno deslize pode diminuir a qualidade do que foi feito.

Comentários

comentários